XML/RSS Feed
O que é isto?
 
 


O Baile





Noite de dia não-contado. Junho frio. Festa, santos. Os santos de junho.
Dançamos, embevecidos.

Olho teus olhos.
Teus olhos me perseguem. Nossas pernas, trançando.
Dançando, dançando.
Risos.

Músicas, músicas.

Uma hora, começam a tocar o Hino Nacional.

Talvez não tenhamos percebido. Nós somos jovens, jovens, jovens. Nós somos jovens, do exército da paz.

Um hino, o Hino Nacional. Dançamos, sorrimos !
Não percebemos que soldados chegam por todos os lados.

Mãos grossas arrancam-me de ti.

Que é isso ? Protesto. Que fazem ? O que eu fiz ? Porque me levam ?

- O senhor estava dançando na hora em que tocou o Hino Nacional e atentou contra a segurança da Pátria, disse o mais graúdo dos soldados. Deverá ser preso e colocado em isolamento imediatamente.

Aparecem a diretora da escola e a professora de Ciências, aflitas. Larguem ele, diz a diretora.

Faço esforço para livrar-me dos braços que me prendem.

- Por favor, soltem-no, diz a professora de Ciências. Ele é apenas um menino.

Escoltam-me até a diretoria, ombro a ombro com a diretora e com a professora de Ciências.

Soldados seguem junto, atrás de nós. Chegamos à porta.

- Para trás, diz a diretora. Isso é a Diretoria de uma escola e os senhores não podem entrar. Se o rapaz cometeu alguma falta contra a Disciplina, ele fica aqui para ser punido. Mas isso é um assunto nosso, de Diretor e Aluno : os senhores não podem entrar.

Diz o soldado mais graúdo :

- Senhora, devo advertir que no exato momento em que esse rapaz deixar essa sala, será prisioneiro pelo crime contra a segurança da Pátria que cometeu enquanto dançava o Hino Nacional.

- Vão embora. por favor.  (diz a professora de Ciências) Ele é apenas um menino.

Telefono a meu pai e peço que venha me buscar.

- Imagine se vou sair daqui, diz ele. Você não é amigo desses comunistas, vagabundos, barbudos, esquerdistas ? Todos iguais... fique preso por aí para você aprender a ser gente. Da próxima vez, preste mais atenção à música.

Desligo o telefone. Inútil.

Trazem-me café, alguma comida, cobertores. Acampado no sofá da sala da diretora, onde levei algumas reprimendas difíceis e ri meu riso mais solto.
Estou acuado, preso. Refém da Segurança Nacional.
Vou espiar pela janela e encontro os guardas em sentinela nos quatro cantos da escola Questão de segurança. Procuram-me.

Não é possível, pensa a professora de Ciências. Ele é apenas um menino.

A festa acabou, a escola está silenciosa, estou só, na Diretoria.
Tento dormir, não consigo.

Às vezes fecho os olhos, sinto-me rodopiar contigo, sinto teus olhos perseguindo os meus, a música que nunca para... abro os olhos.
Não consigo dormir.

Uma névoa pesada cai sobre uma madrugada gelada. Imagino os soldados, debaixo de seus capotes, tritando os dentes de frio e xingando esse menino que resolveu dançar bem na hora em que tocavam um hino, o Hino Nacional.

Acordo. Pássaros.

A professora de Ciências me olha, séria.

- Pode ir agora, eles já foram embora.

Obrigado, obrigado, penso enquanto desço rapidamente as escadas que me levam ao Térreo.
A porta principal, já aberta.

Olho atentamente. Tudo está frio, meio escuro. Eles podem estar escondidos por aí.

Ela pensa : é apenas um menino. Se quiserem brigar, que venham brigar comigo. Nunca com um menino.
Seus ouvidos pressentem-no descer as escadas, passos acelerados, em direção aos primeiros ruídos da rua, nada mais que silêncio.

Por entre os prédios da cidade, vou andando na direção de casa. Imagino teus olhos, que me seguem.
Posso ser preso a qualquer momento. Mas vou andando no rumo de minha casa.

Sou apenas um menino.

Escrito por Caio às 00h47
[   ]


[ ver mensagens anteriores ]

 
Histórico
  01/05/2009 a 31/05/2009
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/11/2007 a 30/11/2007
  01/10/2007 a 31/10/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/07/2007 a 31/07/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/05/2007 a 31/05/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/02/2007 a 28/02/2007
  01/01/2007 a 31/01/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005


 
Outros sites
  Inês Corrêa
  Pesca Cultural
  Vindaloo
  Acredoce
  Luli Rojanski
  Adrian Belew Blog
  Mobilefest
  Mariana Baldin
  Baunilha
  Paisagens da Crítica
  Conversa com meus Botões
  Neide Rigo
  Lesmadesofa
 
Votação
  Dê uma nota para meu blog